segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Aeroporto de Jericoacoara

Até junho, o governo espera lançar edital de licitação do aeroporto, que deve receber aeronaves de grande porte
Jericoacoara, considerada uma das praias mais belas do mundo, deverá ganhar um reforço no próximo ano para fortalecer ainda mais a sua atividade turística, que já atrai visitantes de todas as parte do mundo. Até junho, o governo espera lançar o edital de licitação de um aeroporto na região, que, ao que se planeja, receberá aeronaves de grande porte, com vôos internacionais.
De acordo com o chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho, a expectativa é que a obra custe cerca de R$ 20 milhões, com a construção da pista e da estação. Desse montante, R$ 12,3 milhões virão do Ministério do Turismo (MTur) e o restante será de contrapartida do Estado. Ele informou que, ontem, o MTur empenhou R$ 3 milhões do total com que irá colaborar. ´O resto vem depois da obra andando´, afirma.
Segundo o secretário do Turismo, Bismarck Maia, a área em que será instalado o novo aeroporto ainda está em análise. ´Será no Pólo de Jericoacoara, o que quer dizer que pode ser em um município vizinho, a 50 ou 60 quilômetros, no máximo, da vila´. A praia fica a 284 quilômetros da Capital.
´O governo tem uma meta, para estruturar o desenvolvimento do turismo no Estado, que é ter mais dois aeroportos no Interior. Eles ficarão em dois dos principais pólos, que são Canoa Quebrada, que já contará com o aeroporto de Aracati, cuja obra já foi licitada, e Jericoacoara. Nós estamos criando mecanismos para viabilizar isso´, afirma o secretário.
O titular da pasta de Turismo destaca que o novo aeroporto deverá iniciar já com ligações com outros países. 'Tem que partir internacional, porque Jericoacoara tem muito turista de fora. E a diferença entre construir um aeroporto doméstico e um internacional é poucas coisas. Mas não estamos falando de linhas regulares, mas de vôos charters. Tem que ser um modelo prático', defende Bismarck Maia.
Aeroporto de Camocim:
Também próximo de Jericoacoara, será reformado o aeroporto de Camocim, município a 362 quilômetros de Fortaleza. A reforma do pequeno terminal aéreo — que enfrenta problemas em relação à instabilidade dos pousos, por conta dos fortes ventos — já está licitada. A obra custará R$ 6 milhões e a ordem de serviço, segundo afirma o secretário de Turismo, ´pode ser dada a qualquer momento´. Segundo ele, a readaptação do projeto dará mais segurança ao aeroporto.
Fonte: Sérgio de Sousa - Diário do Nordeste

JERICOACOARA

Para os mais místicos, Jericoacoara tem uma energia diferente dos demais locais. Preocupações devem ser deixadas de lado, dando importância apenas às paisagens, já que Jericoacoara foi considerada uma das dez praias mais lindas do mundo, segundo o jornal americano The New York Times. E não há quem duvide da beleza natural das dunas, das lagoas formadas entre elas, das esculturas como a Pedra Furada, ícone do local. À noite, o forró, o reggae e o tecno invadem as ruas da vila. Outra opção é curtir a noite sobre as dunas de Jeri ao som do vento e de um calmo violão. Os amantes do windsurf têm espaço em Jericoacoara garantido pelo bom vento. A praia é considerada uma das melhores para a prática do esporte. Destaque também para o surf, o rally e o trekking, além de outros esportes de aventura. A capoeira tem conquistado mais adeptos na região por chamar bastante a atenção dos turistas. O sandboard é outra mania que vem ganhando espaço nas dunas de Jeri. Com cerca de 15,2mil habitantes, a aparência de vila de pescadores esconde uma infra-estrutura que vem sendo desenvolvida ao longo dos últimos anos e que nada deixa a desejar aos visitantes. A culinária internacional e regional disputa o espaço harmonicamente, variando da pizza à tradicional torta de banana. Para preservar a riqueza do local, além da conscientização dos moradores, a Jericoacoara foi transformada em Área de Proteção Ambiental, estando inserido no Parque Nacional de Jericoacoara.

Jericoacoara fica a 313km de Fortaleza, com acesso pelas BR's 222 e 402, passando pelas CE's 085, 422, 354, 402 e 179.


Fonte: Secretaria de Turismo

3 comentários:

Paula disse...

O aeroporto tem que ser feito na área geografica do municipio de Jijoca de Jericoacoara, pois Jeri pertence a Jijoca Não a municipios vizinhos.
Espero que o certo seja feito...A população Jijoquense fica feliz com a contrução do aeroporto em Jijoca, caso contrario como estao todos agora revoltados par quererem colocar Nosso aeroporto em municipio vizinho...temos terras suficientes que não estar em preservação ambiental.

Ynot Nosirrah disse...

Esse aeroporto deveria ser construído mesmo era em Sobral, que é a cidade mais desenvolvida e pólo da Zona Norte, que precisa de um aeroporto e que fica relativamente próxima à Jericoacoara. Outra, deviam abrir logo de uma vez uma rodovia de vergonha para que Jericoacoara não fique mais tão isolada. Penso nas pessoas que estiverem lá e precisarem de atendimento médico de urgência e emergência avançado. Como elas seriam transferidas para Sobral, ou mesmo para Fortaleza, sem estrada para as ambulâncias passarem??? "Abrir estrada causa impacto ambiental". Impacto ambiental??!! Que exemplo maior de impacto ambiental que a Transamazônica, além de um grande desperdício de verbas públicas???

paulo disse...

adoro essa terra maravilhosa!!! dentro de poucos dias estarei retornando, estive ausente durante 10(dez)anos atraz de melhorias para desenvolver em minha querida Jijoca, acho a idéia de colocar o aeroporto no municipio visinho legal sim, desde que seja bem proximo já que o aeroporto será para melhorar o acesso ao turista, também não podemos aceitar que detonem nosso meio ambiente assim, pois acredito que minha Jijoca terá um manancial preservado. obrigado. até breve...